Web Press Kits | Banco de WPKs | Sobre o Press Club  
 
 
 
Web Press Kit - ABRACORP

Página principal do Press Kit  Enviar notícia por e-mail | Versão para impressão | Digite ao lado para pesquisar

Arquivo | Administração

Artigo - Incentivo ao mérito, às boas práticas e ao conhecimento



Rubens Schwartzman

As atividades que vimos desenvolvendo na Abracorp buscam estreitar o foco para quest√Ķes essenciais √† sobreviv√™ncia e ao fortalecimento das nossas TMCs. Nossas reuni√Ķes t√™m primado pela objetividade, com participa√ß√£o e comprometimento dos grupos de trabalho cada vez mais ativos. Unidos, afinados e determinados a fortalecer a marca Abracorp na rela√ß√£o com o mercado de viagens corporativas, boas propostas e bons projetos vem se sucedendo, com naturalidade

Com o aprimoramento da metodologia e da amplia√ß√£o dos dados apurados com regularidade pela Abracorp, vamos inovar nas a√ß√Ķes de relacionamento business to business a partir do conceito ¬īEmpresa Top Partner Abracorp¬ī. Ou seja: um programa complementar destinado a incentivar os fornecedores parceiros a trabalharem alinhados com as ag√™ncias, valorizando a parceria, adotando as melhores pr√°ticas de mercado. Para tanto, ser√° criado um conjunto de m√©tricas compiladas em um scorecard.

As TMCs Abracorp buscam, de forma criteriosa, encontrar os fornecedores que melhor atendam √†s necessidades dos viajantes. Disso, n√£o se abre m√£o. Al√©m de negociarem a equa√ß√£o pre√ßo-qualidade, disp√Ķem de instrumental tecnol√≥gico capaz de afunilar para a melhor solu√ß√£o, em cada demanda pontual. Os profissionais das nossas TMCs conhecem os meandros do mercado e sabem separar, com expertise, o joio do trigo. S√£o determinados e comprometidos. S√£o guerreiros!

Em diversos eventos de que j√° participamos, quando surgem questionamentos sobre o termo ‚Äúparidade tarif√°ria‚ÄĚ, os fornecedores de toda a cadeia afirmam que eles a praticam, independentemente dos canais. O foco √© o perfil do cliente. Cabe lembrar que a defini√ß√£o do perfil do cliente envolve vari√°veis, a exemplo de h√°bitos de compra ou fontes pagadoras. A comoditiza√ß√£o dos servi√ßos e a volatilidade de oferta x demanda levam o mercado a pr√°ticas que confundem, muitas vezes, a precifica√ß√£o ao cliente.

A paridade tarif√°ria deveria levar em conta a qualidade do que est√° sendo entregue para, assim, estabelecerem-se os patamares de diferencia√ß√£o e n√£o o canal, diante do fato de que o consumidor navega em todos os canais, antes de sua escolha decisiva. Os fornecedores que utilizam canais de distribui√ß√£o indireta deveriam aplicar o conceito de paridade tarif√°ria, tomando como base a conceitua√ß√£o acima acerca do cliente. Afinal, a paridade tarif√°ria pressup√Ķe similaridade ou igualdade, n√£o importando, no caso, o canal utilizado pelo cliente. Toda nossa restri√ß√£o √† question√°vel pol√≠tica de vender mais barato em um canal, em detrimento de outros.




Mais informações para a imprensa:
Luiz Henrique e Marily Miranda
AMIgo!
Fone: 11 - 3873-5488
Cel: 11 - 99658-8766
E-mail: marily.amigo@gmail.com.br
Site: http://www.agenciaamigo.com.br