Web Press Kits | Banco de WPKs | Sobre o Press Club  
 
 
 
Web Press Kit - Guarujá Convention

Página principal do Press Kit  Enviar notícia por e-mail | Versão para impressão | Digite ao lado para pesquisar

Arquivo | Turismo

GCVB apoia a regulamentação dos cassinos no Brasil

Atividade dever√° fortalecer o turismo e auxiliar na recupera√ß√£o econ√īmica

João Carlos Pollak aborda o assunto da regulamentação dos cassinos no Brasil.

Confira o post abaixo que acaba de ser publicado no blog do presidente do GCVB.

"Caros leitores,

No m√™s passado, deputados federais voltaram a reunir-se na C√Ęmara para tratar da regulamenta√ß√£o da ind√ļstria de jogos de apostas no Pa√≠s. Os parlamentares participaram de debate promovido por uma comiss√£o especial que analisa o assunto. Atualmente, tramitam na Casa mais de dez propostas sobre o tema, sendo o Projeto de Lei 442/91, que descriminaliza o ‚Äújogo do bicho‚ÄĚ, √© o mais antigo deles em discuss√£o. Sentimos que cada vez esse assunto ganha mais for√ßa pol√≠tica e ades√£o da sociedade civil e acreditamos que a ado√ß√£o de tal pr√°tica, de forma legalizada, ser√° ben√©fica para o turismo e para o Pa√≠s.

Hoje, com o cen√°rio de desemprego crescente, a legaliza√ß√£o da atividade ter√° como principal impacto a cria√ß√£o de empregos diretos e indiretos e o fortalecimento do turismo, que impacta mais de 50 setores da economia do Pa√≠s. √Č uma importante medida para o enfrentamento da crise econ√īmica, j√° que estima-se a atividade injetar√° R$ 20 bilh√Ķes ao ano na economia nacional, mais da metade do que o Governo pretende arrecadar com a retomada da cobran√ßa da CPMF. Nos Estados Unidos, por exemplo, foram obtidos US$ 142,6 bilh√Ķes no ano de 2014 com a atividade.

Al√©m disso, regulamentar a atividade no territ√≥rio contribuir√° para impedir a evas√£o de divisas. Sabemos que a proibi√ß√£o n√£o impede, de forma alguma, que o brasileiro mantenha a pr√°tica de jogar. S√≥ que ao inv√©s de realizar essas atividades em estabelecimentos legais dentro do pa√≠s, o que ajuda na arrecada√ß√£o de impostos para a ind√ļstria nacional, ele o faz ilegalmente por meio de atividades clandestinas, como o ‚Äújogo do bicho‚ÄĚ ou as casas de bingo clandestinas.

Mas n√£o √© s√≥ na ilegalidade que se encontram hoje os apostadores. Al√©m dos jogos promovidos pelo Governo Federal, estima-se que 8,7 milh√Ķes de brasileiros participam livremente de sites de apostas com sedes fora do Pa√≠s. Ainda, se n√£o h√° cassinos no Pa√≠s, ele viaja para qualquer pa√≠s do Exterior, com exce√ß√£o √†s na√ß√Ķes isl√Ęmicas e Cuba, e ajuda a movimentar a ind√ļstria desses locais.

Entendemos também que, em caso de aprovação da atividade, é preciso o estabelecimento de legislação, regulação e fiscalização sérias, tal como acontece em Nevada (EUA), onde todos os cerca de 120 estabelecimentos existentes são constantemente auditados, de forma até mais eficaz que o controle exercido sobre o setor bancário."


Mais informações para a imprensa:
Fernando Pratti e Vitória Ruano
AMIgo!
Fone: 11 - 3873-5488
Cel: 11 - 99612-8527
E-mail: atendimentorp@pressclub.com.br
Site: http://www.agenciaamigo.com.br